Prisão preventiva para suspeito de violência doméstica em Foz Côa

O detido vai cumprir prisão preventiva no Estabelecimento Prisional da cidade da Guarda.

O Tribunal de Foz Côa, no distrito de Guarda, decretou prisão preventiva para um homem de 71 anos acusado de violência doméstica, após ter sido detido pelas autoridades em flagrante delito na sexta-feira, indicou fonte da GNR.

“Na sequência de uma denúncia, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, onde verificaram que a vítima, a ex-mulher de 62 anos, tinha sido injuriada e ameaçada de morte, enquanto o agressor forçava a entrada na sua habitação, com recurso a um paralelo da calçada e uma barra de ferro, tendo destruído parcialmente a porta de entrada”, concretizou a GNR, em comunicado.

O detido vai cumprir prisão preventiva no Estabelecimento Prisional da cidade da Guarda.



Conteúdo Recomendado