Pinhel comemorou 250 anos de elevação a Cidade e inaugurou duas obras emblemáticas

No dia em que se assinalaram os 250 anos da elevação de Pinhel a Cidade, o Município de Pinhel inaugurou duas obras representativas da política de investimento que tem sido seguida no sentido de requalificar equipamentos na área da Educação, mas também de valorizar os Espaços Verdes da cidade.

Isso mesmo referiu o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, aquando da intervenção pública que integrou a Sessão Solene que marcou o início das comemorações, às 10h00, em frente aos Paços do Concelho.
Aqui, além da intervenção do Presidente da Câmara, centrada nos 250 Anos da Cidade de Pinhel mas também na visão do atual Executivo para o futuro do concelho e da região, foi ainda inaugurado um painel em bronze com um extrato do Alvará atribuído a Pinhel por El Rei D. José I, a 25 de agosto de 1770, assim como um painel multimédia que, a partir dessa data, passa a ser mais um elemento de comunicação autárquica.

Inauguração das obras de requalificação e modernização da Escola Sede do Agrupamento de Escolas de Pinhel

Depois da Sessão Solene, seguiu-se a inauguração das obras de requalificação e modernização da Escola Secundária – Escola Sede do Agrupamento de Escolas de Pinhel, cerimónia que contou com a presença da Delegada Regional de Educação do Centro, Cristina Oliveira, que teve oportunidade de elogiar e enaltecer o trabalho realizado pelo Município, mas também pelo Agrupamento, numa relação de parceria que culmina com a concretização de projetos como esta requalificação, mas, mais importante ainda, com a afirmação da Educação como área prioritária de investimento, a pensar nos jovens e no futuro do concelho e da região.
Quanto às obras, importa lembrar que foi uma importante intervenção, num complexo escolar construído há cerca de 35 anos, e que precisava efetivamente de espaços melhor dimensionados e novas funcionalidades adequadas às atuais necessidades da comunidade escolar.
A reformulação e reabilitação dos vários edifícios que compõem o complexo escolar, a ampliação do número de salas, a construção de um auditório, a par da melhoria das condições térmicas e de acessibilidade são algumas das mais-valias inerentes às obras realizadas e cujo investimento rondou os dois milhões e cem mil euros (1.500.000,00€ comparticipados pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, no âmbito do Programa Centro 2020; 132.352,94€ pagos pelo Ministério da Educação, e o restante pelo Município de Pinhel).

Cabine de Leitura

À tarde, pelas 15h00, o programa das comemorações prosseguiu com a inauguração de uma “Cabine de Leitura” no Parque Urbano de Pinhel (inaugurado há um ano, nesta mesma data). Trata-se de um projeto desenvolvido pela Fundação Altice, ao qual o Município de Pinhel se associou com o objetivo de promover o livro e a leitura, segundo o mote “Leve, Leia e Devolva”.
Assim, os livros da “Cabine de Leitura” são disponibilizados pela Biblioteca Municipal de Pinhel, que também irá aceitar doações de publicações de modo a assegurar rotação e alguma variedade do fundo documental. Quanto ao modo de funcionamento, é simples: o utilizador escolhe um livro, regista nome, contacto e título do livro; terminada a leitura, deve proceder à entrega / devolução do livro.


Inauguração da 1ª fase das obras de requalificação do Parque Municipal da Trincheira

A fechar o ciclo de inaugurações, pelas 16h00, foi inaugurada a 1ª fase das obras de requalificação do Parque Municipal da Trincheira, cerimónia que contou com a presença do Secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho.
Com as obras realizadas neste espaço verde com mais de cem anos, num investimento a rondar os 615 mil euros, o Município de Pinhel quis devolver dignidade, funcionalidade e atratividade ao Parque Municipal que acompanhou o crescimento de várias gerações de famílias, mas que apresentava já graves sinais de degradação.
Isso mesmo referiu o Presidente da Câmara Municipal de Pinhel, Rui Ventura, na expetativa de que a Trincheira passe a assumir um lugar central de contacto com a natureza, passeios em família, prática de exercício físico ao ar livre e até a realização de eventos de pequena ou média dimensão, tal como os “pequenos concertos clássicos” que se seguiram à inauguração do espaço.
Da parte do Secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho, ouviram-se palavras de elogio em relação ao espaço e à intervenção realizada, mas sobretudo palavras de incentivo ao autarca pinhelense que certamente tem ainda muitos projetos em mente para o concelho.

E foi no auditório do renovado Parque Municipal da Trincheira que o Dia da Cidade chegou ao fim, com um excelente concerto protagonizado pela jovem acordeonista pinhelense, Flávia Castro.



Conteúdo Recomendado