Orquestra Bamba Social & Tiago Nacarato hoje em Belmonte

Para além do concerto, do programa destacam-se visitas teatralizadas comentadas, showcooking e um percurso cenográfico/musical.

O Ciclo “12 em Rede” chega hoje, sábado, à Aldeia Histórica de Belmonte onde vai celebrar a incontornável figura da História e leva os visitantes à descoberta da família de Pedro Álvares Cabral.


Natural da Aldeia Histórica de Belmonte, Pedro Álvares Cabral deu novos mundos ao mundo ao descobrir o Brasil, em 1500. Para recordar a ligação de Belmonte com o Brasil, a festa também promoverá uma degustação de sabores do país sul-americano, pela mão do chef Valdir Lubave, assim como um concerto da Orquestra Bamba Social & Tiago Nacarato, coletivo de músicos portugueses e brasileiros. Devido à pandemia por COVID-19, a participação presencial na festa será limitada, mas com a transmissão por streaming a permitir que todos possam viver e sentir a festa em Belmonte.

O pai de Pedro Álvares Cabral chamava-se Fernão Cabral I e foi o primeiro alcaide-mor do castelo de Belmonte. Em 1446, tornou o castelo a sua residência, fundando o Paço dos Cabrais (como ainda hoje é conhecido). Pedro Álvares Cabral celebrizou o nome de Belmonte em todo o mundo, quando descobriu o Brasil, em 1500, mas a família Cabral já vinha a marcar, há algum tempo, a História daquele lugar.

Por isso, este ano, a festa do Ciclo “12 em Rede | Aldeias em Festa” na Aldeia Histórica de Belmonte, que decorre a 19 de setembro, celebra não só a incontornável figura de Pedro Álvares Cabral e os Descobrimentos, como também a própria família Cabral. Com o mote “Por Terras de Cabral”, o evento leva-nos numa viagem pela História de Belmonte e até ao Brasil: uma ligação que Pedro Álvares Cabral firmou e que permanece até aos nossos dias.



Conteúdo Recomendado