Olga Roriz apresenta “A Meio da Noite” no Teatro Municipal da Guarda

Neste mais recente espetáculo, a coreógrafa revisita o universo do realizador Ingmar Bergman numa celebração do seu nascimento (100 anos) e da sua obra, em que a dança, o teatro e o cinema procuram forte diálogo.

O espetáculo intitulado “A Meio da Noite”, que aborda a temática existencialista do cineasta Ingmar Bergman, é simultaneamente uma peça sobre o processo de criação numa procura incessante de si próprio e dos outros. Sete intérpretes encontram-se para partilhar as suas pesquisas sobre a obra do realizador e criarem, coletiva ou individualmente, cenas que possam integrar um futuro espetáculo. À volta de uma mesa/ilha, fecham-se nos seus pensamentos, mergulhados nos computadores, nos livros, nos vídeos. Tudo nasce dessa fornada de criação: o som, a luz, as imagens, as ações e contradições, dramas, pesadelos e fantasmas. “A Meio da Noite” é uma profunda homenagem a Ingmar Bergman, aos atores dos seus filmes e aos intérpretes desta Companhia.

O espetáculo terá lugar no grande auditório do Teatro Municipal da Guarda, no próximo sábado, dia 23 de março, pelas 21h30. Os bilhetes, no valor de 10 euros, podem ser adquiridos aqui.




Conteúdo Recomendado