GNR realiza Operação “A violência não é uma opção”

Esta operação visa alertar a comunidade para a necessidade de evitar comportamentos violentos.

Até ao dia 15 de fevereiro, a Guarda Nacional Republicana, vai realizar, através das Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, um conjunto de ações de sensibilização direcionadas para a população em geral, e às pessoas mais vulneráveis em particular, nomeadamente crianças, jovens e idosos.

Segundo a GNR, a violência pode ser infligida de várias formas, desde agressão física, psicológica, emocional e sexual, podendo mesmo considerar-se negligência, e o abandono como atos violentos de omissão de auxílio. As agressões físicas, os atos de vandalismo, o uso de armas, os furtos e os roubos encabeçam a lista de comportamentos que revelam maior preocupação, refere a mesma fonte.

A GNR, privilegiando o contacto pessoal em residências, em espaços públicos e privados e, principalmente, junto da comunidade escolar, em cada dia da semana, irá abordar alguns temas que constituem preocupação na sociedade. “Violência Doméstica” (dia 12), “Violência no Desporto” (dia 13), “Violência no Namoro”(dia 14) e “Violência Contra Idosos” (dia 15)  serão os temas a abordar ao longo dos dias da Operação.

Com estas ações de sensibilização, a GNR pretende transmitir uma mensagem de preocupação com este tipo de criminalidade e de comprometimento em contribuir para a erradicar ou minimizar, criando um clima de confiança e de empatia na população e aumentando o sentimento de segurança.




Conteúdo Recomendado