General Motors investe 12 mil milhões de dólares em fábricas na China

O construtor de automóveis norte-americano, General Motors, planeia investir 12 mil milhões de dólares na China entre 2014 e 2017 e construir mais fábricas no próximo ano, como forma de reforçar a sua capacidade para competir com os seus rivais no maior mercado mundial de automóveis.

A General Motors (GM), adianta a Reuters, espera que as suas vendas na China aumentem entre 8% e 10% durante este ano, em linha com o crescimento global do mercado chinês, onde as empresas estrangeiras, como a Volkswagen AG,  e as empresas nacionais, como a SAIC Motor Corp, disputam o mercado.

“Estamos a investir sabiamente, acelerando o  nosso desenvolvimento e produção de veículos de acordo com o ritmo da  procura do mercado. No total estamos a investir 12 mil milhões dólares entre 2014 e 2017,” explicou Matt Tsien, presidente da GM China, no Salão Automóvel, em Pequim.

A GM planeia construir mais cinco fábricas na China no próximo ano. Quatro fábricas serão de montagem de veículos e uma quinta de motores.

Uma das unidades, em Jinqiao, fará os emblemáticos sedans Cadillac. A multinacional pretende vender 100 mil automóveis deste modelo, em 2015 na China, duplicando os 50 mil vendidos no ano passado.

“O crescimento da Cadillac baseia-se no lançamento de novos produtos. Lançamos o XTS, que nos permitiu chegar às 50 mil unidades. Este ano, vamos lançar outra novidade significativa e no próximo ano, vamos lançar outra”, disse Tsien.



Conteúdo Recomendado