Gasolina vai aumentar 6,5 cêntimos e o gasóleo 5,1 cêntimos

O impacto da fiscalidade verde, inscrita no Orçamento de Estado para 2015, custará aos consumidores cerca de 346 milhões de euros.

As contas foram avançadas pela gestão da Galp durante a apresentação dos resultados da petrolífera do terceiro trimestre o ano.

Ferreira de Oliveira, presidente do grupo, revelou que o pacote de medidas que será introduzido pelo Governo implicará um aumento de 6,5 cêntimos por litros, na gasolina, de 5,1 cêntimos por litro, no gasóleo. Valores que já incluem o IVA de 23%.

Neste acréscimo encontra-se assim incluído o aumento da contribuição para o serviço rodoviário, estimado em 2,46 cêntimos por litro, bem como a nova taxa de carbono, que se traduz em mais 1,5 cêntimos por litros.

A tudo isto soma-se, na gasolina, uma nova imposição comunitária que obriga à agregação de álcool neste combustível, já a partir de 2015.

Por seu turno, no gasóleo haverá o aumento da componente de biocombustíveis que irá acrescentar aos atuais 2,1 cêntimos que os consumidores pagam, mais 1,1 cêntimos, no próximo ano. Tudo junto são 3,3 cêntimos.

Esta última opção está, no entanto, nas mãos do Governo, dado que Espanha optou por congelar a decisão de colocar mais biocombustível no gasóleo para travar a escalada do preço.




Conteúdo Recomendado