Festival Mêda+ decorre até amanhã

Todos os caminhos vão dar à Mêda, para mais uma edição do único festival de verão gratuito do país. Com uma legião de fãs a crescer de ano para ano, o Mêda+ aposta na música pop cem por cento nacional e volta a ter Linda Martini e Capitão Fausto como cabeças de cartaz. A festa começou ontem no recinto da Santa Cruz.

A organização, a cargo da Associação Juvenil Mêda+, tem as expetativas em alta: «Esperamos novamente três dias intensos, com um ambiente especial, muito boa música de diferentes géneros e cada vez mais pessoas de muitos pontos do país. O Mêda+ é um festival cada vez mais importante na rota dos festivais de verão em Portugal», refere Pedro Rebelo Pereira, da coletivdade promotora. O orçamento desta edição está muito longe dos disponíveis noutros eventos do género, sendo os 50 mil euros suportados pela Câmara local, Junta de Freguesia e algumas empresas do concelho. Apesar disso, os promotores esperam bater o recorde de entradas do ano passado, quando 7.500 espetadores passaram pelo recinto da Santa Cruz. «A tendência tem sido ter sempre mais gente que na edição anterior, pelo que este ano também esperamos ultrapassar o registo de 2013», afirma Pedro Rebelo Pereira.

Ontem, subiram ao palco as bandas Skills & The Bunny Crew, Anomalia e Throes + The Shine, seguindo-se o DJ 90 Cutz. Hoje atuam The Quartet of Woah!, The Walks, Capitão Fausto e o DJ Hugo Rizzo, enquanto a última noite pertence aos Linda Martini, Anarchicks, The Lazy Faithful e aos DJ’s Pitty e Richy Rodriguez, que prometem fechar o festival com uma grande festa. Além de um cartaz alternativo, o sucesso do Mêda+, promovido pela primeira vez em 2010, também se explica pelas entradas livres nos três dias do evento, a utilização gratuita do parque de campismo e o euro que se paga por dia nas piscinas municipais, ali ao lado.

Este ano, os festivaleiros vão poder levar para casa uma “t-shirt” do evento, pois a organização lançou pela primeira vez uma edição especial. Desde a sua criação já passaram pelo palco do Mêda+ grupos como os X-Wife, Mão Morta, Fonzie, Supernada, Wraygunn, Diabo na Cruz, Glockenwise, d3o, Fitacola ou Tara Perdida.

 




Conteúdo Recomendado