Covid-19: Município de Trancoso distribui computadores e acessos de internet por 100 alunos

A Câmara Municipal de Trancoso deu início à distribuição de “algumas dezenas de computadores” e de “pacotes de internet” pelos cerca de 100 alunos do concelho que não dispõem deste tipo de equipamento, foi hoje anunciado.

Segundo a autarquia presidida por Amílcar Salvador, a distribuição dos computadores e dos acessos à internet aos alunos que não possuem equipamentos para assistirem às aulas à distância está a ser realizada “em estreita colaboração com o Agrupamento de Escolas de Trancoso”.

“Esta iniciativa visa, sobretudo, minimizar o impacto negativo decorrente da pandemia covid-19 nas crianças e jovens da comunidade escolar trancosense que, a partir de agora, até ao final do ano letivo, irão dispor de material informático capaz, cedido a título de empréstimo e facilitador das suas atividades curriculares”, refere o município de Trancoso, no distrito da Guarda, numa nota publicada na página oficial do Facebook.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 280 mil mortos e infetou mais de quatro milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Portugal contabiliza 1.144 mortos associados à covid-19 em 27.649 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Portugal entrou no dia 03 em situação de calamidade devido à pandemia, depois de três períodos consecutivos em estado de emergência desde 19 de março.

Esta nova fase de combate à covid-19 prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.



Conteúdo Recomendado