Covid-19: Município de Foz Côa apoia empresas e empresários com 100 mil euros

O município de Vila Nova de Foz Côa, no distrito de Guarda, vai disponibilizar um apoio extraordinário de 100 mil euros para a economia local, ajudando a minimizar os impactos da pandemia, foi hoje anunciado.

“Tendo em vista a mitigação dos efeitos nefastos desta crise em termos económicos, o município de Foz Côa criou um regulamento com vista a atribuir um apoio extraordinário a empresas e empresários em nome individual com atividade sediada no concelho, que tenham por objeto a prática de atos de comércio e tenham tido perdas significativas de faturação, resultantes da pandemia”, indicou aquele município, em comunicado

Segundo a mesma nota, o Programa Municipal de Apoio à Recuperação da Atividade Económica no âmbito da Pandemia covid-19 é constituído com recursos próprios do município, cujo montante total foi fixado em 100 mil euros.

Aquele município do distrito da Guarda considera que a atribuição deste apoio irá contribuir para a valorização empresarial no concelho de Vila Nova de Foz Côa, “mitigando os efeitos económicos causados pela pandemia”.

O prazo para apresentação de candidaturas tem o início às 00:00 do dia 15 de março e termina às 23:59 do dia 15 de abril, por via eletrónica.

As candidaturas presenciais podem ser apresentadas até às 17:00 do dia 15 de abril.

O regulamento abrange empresas e empresários em nome individual com sede e estabelecimento no concelho, que tenham por objeto a prática de atos de comércio e que tenham tido perdas significativas de faturação, resultantes da pandemia covid-19

O programa extingue-se quando o valor dos apoios concedidos esgote a dotação, ou seja os 100 mil euros.

Os apoios serão concedidos por ordem de entrada das candidaturas.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.441.926 mortos no mundo, resultantes de mais de 110,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.821 pessoas dos 794.769 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.



Conteúdo Recomendado