Covid-19: Município de Fornos de Algodres disponibiliza computadores e internet a 55 alunos

Todos os alunos recebem os equipamentos a título de empréstimo, “para utilização durante o tempo necessário à conclusão do ano escolar”.

O município de Fornos de Algodres anunciou hoje que está a entregar computadores e acessos à internet aos 55 alunos do concelho que não possuem meios informáticos para acederem aos conteúdos digitais do atual ensino à distância.

A autarquia refere em comunicado publicado na sua página oficial na internet que iniciou na quinta-feira a operação de entrega dos equipamentos aos alunos que foram identificados pelo Agrupamento de Escolas local.

“Nesta primeira fase, foram distribuídos equipamentos informáticos aos alunos do 1.º ciclo [do ensino básico], garantindo assim que não haverá alunos do 1.º ciclo do ensino básico no concelho sem computador ou acesso à internet”, segundo a fonte.

O vice-presidente da autarquia de Fornos de Algodres, Alexandre Lote, disse à agência Lusa que a primeira entrega contemplou 25 alunos do 1.º ciclo do ensino básico.

A segunda fase da operação terá lugar no decorrer da próxima semana, com a distribuição dos equipamentos aos restantes alunos do Agrupamento de Escolas de Fornos de Algodres que se encontram “privados destes meios”.

Segundo Alexandre Lote, serão entregues computadores e acessos à internet móvel a “30 alunos do 2.º e 3.º ciclos do ensino básico e secundário” do concelho que não possuem computador nem internet em casa.

De acordo com a autarquia de Fornos de Algodres, todos os alunos recebem os equipamentos a título de empréstimo, “para utilização durante o tempo necessário à conclusão do ano escolar”.

“Terminado este período, parte destes equipamentos poderão ser utilizados pelo município para reforçar e melhorar a aposta no Ensino da Programação e Robótica no 1.º ciclo, ou, em alternativa, serem disponibilizados para dar resposta a eventuais dificuldades no acesso ao ensino à distância, uma vez que os equipamentos estão alinhados com as especificações requeridas pelo Ministério da Educação”, lê-se.

Ainda de acordo com a fonte, no âmbito das medidas excecionais como resposta à pandemia da covid-19, o município de Fornos de Algodres, no distrito da Guarda, garantiu esta semana a entrega de fichas e de recursos educativos aos alunos “sem condições para imprimir os mesmos”.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 200 mil mortos e infetou mais de 2,7 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Portugal contabiliza 854 mortos associados à covid-19 em 22.797 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 34 mortos (+4,1%) e mais 444 casos de infeção (+2%).

Das pessoas infetadas, 1.068 estão hospitalizadas, das quais 188 em unidades de cuidados intensivos, e o número de casos recuperados passou de 1.201 para 1.228.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o Governo anunciou hoje a proibição de deslocações entre concelhos no fim de semana prolongado de 01 a 03 de maio.



Conteúdo Recomendado