Covid-19: Município da Guarda distribui material de proteção individual

A Câmara Municipal da Guarda começou hoje a distribuir 85 mil máscaras e cerca de 25 mil equipamentos de proteção individual pelas instituições particulares de solidariedade social do concelho que trabalham com a população sénior.

A autarquia presidida por Carlos Chaves Monteiro refere em comunicado que, “atenta às medidas excecionais de contingência que têm vindo a ser aplicadas para fazer frente à pandemia do covid-19”, está a colaborar na prevenção e proteção dos idosos e de quem “diariamente cuida desta população, uma das mais atingidas e que sofre mais riscos de infeção”.

Segundo a nota, para além do equipamento adquirido pelo município, também vai ser distribuído material de proteção que foi doado à autarquia pela Fundação Belmiro de Azevedo.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 165 mil mortos e infetou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Mais de 537 mil doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Portugal regista 735 mortos associados à covid-19 em 20.863 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente ao dia anterior, há mais 21 mortos (+2,9%) e mais 657 casos de infeção (+3,3%).

Das pessoas infetadas, 1.208 estão hospitalizadas, das quais 215 em unidades de cuidados intensivos, e mantém-se as 610 dadas como curadas.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 02 de maio prevê a possibilidade de uma “abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais”.



Conteúdo Recomendado