Cinco detidos por furto perto da fronteira de Vilar Formoso

A GNR anunciou ontem a detenção de cinco suspeitos por crimes de furto, quatro mulheres e um homem, residentes na zona da Amadora, durante um controlo móvel realizado nas proximidades da fronteira de Vilar Formoso.

Fonte do Comando Territorial da Guarda Nacional Republicana (GNR) da Guarda disse à agência Lusa que os suspeitos foram detidos, no sábado, no âmbito de uma operação conjunta com a Guardia Civil de Espanha, realizada em território nacional.

Os suspeitos circulavam numa viatura onde transportavam “uma grande quantidade de mercadoria, a maior parte ainda com os alarmes das lojas”, indicou.

Segundo a fonte, após diligências, as autoridades policiais apuraram que as peças tinham sido furtadas numa unidade comercial de Castelo Branco.

Os detidos, com antecedentes criminais de vária ordem, vão ser ouvidos, na segunda-feira, no tribunal de Almeida, para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.

De acordo com a fonte da GNR, na mesma operação foi ainda identificado um cidadão estrangeiro, que estava na posse de 550 peças de vestuário alegadamente contrafeito.

Participaram no controlo móvel, realizado em território nacional, próximo da fronteira de Vilar Formoso, um total de 20 elementos, sendo 14 da Guarda Nacional Republicana e seis da Guardia Civil de Espanha.




Conteúdo Recomendado