Chuva e ventos fortes vão continuar

A madrugada desta segunda-feira ficou marcada por mais de 300 ocorrências registadas em oito distritos do país devido ao mau tempo que se fez sentir.

A semana arranca como arrancou o março: com céu cinzento, chuva, vento, agitação marítima e possibilidade de queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela.

O mês da primavera chegou mostrando que o inverno ainda tem tempo para o ser. De resto, a chuva e o vento fortes que afetaram oito distritos de Portugal continental na noite passada e causaram quedas de árvores e inundações acalmaram, apesar de ainda haver aviso emitido, segundo o IPMA e a Proteção Civil.

“O pior já passou. As maiores quantidades de precipitação já ocorreram e neste momento vamos ficar num regime de aguaceiros que serão fracos nas regiões sul e no norte podem ser ainda pontualmente fortes e acompanhados de trovoada”, disse à agência Lusa a meteorologista Patrícia Gomes.

Ora, as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) apontam para, nas regiões Norte e Centro, céu geralmente muito nublado, diminuindo gradualmente de nebulosidade a partir da manhã. Assim como períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes até início da manhã, que poderão ser ocasionalmente de granizo, acompanhados de trovoada e rajadas fortes.

Os meteorologistas prevêem queda de neve nos pontos mais altos da Serra da Estrela esta segunda-feira, descendo a cota para 1200/1400 metros de altitude durante a manhã.

Também nas regiões Norte e Centro, o vento deverá soprar moderado a forte (30 a 45 km/h), com rajadas até 85 km/h, soprando forte a muito forte (45 a 65 km/h) nas terras altas, com rajadas até 120 km/h, e diminuindo de intensidade no final do dia.

Precisamente devido ao vento forte e agitação marítima, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera coloca esta segunda-feira 11 distritos do continente sob aviso amarelo. São eles: Lisboa, Leiria, Coimbra, Castelo Branco, Guarda, Aveiro, Viseu, Porto, Vila Real, Braga e Viana do Castelo.

Na região Sul, esta segunda-feira o céu apresentar-se-á muito nublado, tornando-se em geral pouco nublado a partir do início da tarde. Estão ainda previstos períodos de chuva até meio da manhã, assim como uma pequena descida da temperatura mínima.

As temperaturas máximas esta segunda-feira variam entre os 20ºC em Faro, 17ºC em Lisboa, os 15ºC no Porto e os 11ºC na Guarda. Já as mínimas deverão oscilar entre os 11ºC em Aveiro, 10ºC em Faro, 9ºC em Lisboa e no Porto. Os distritos mais frios deverão registar mínimas de 4ºC: Guarda, Viseu e Bragança.

Na terça-feira, as previsões do IPMA apontam para a prevalência dos períodos de chuva em todo o território continental, mas pouco prováveis no Algarve e no Alentejo, situação que se deverá repetir também na quarta-feira, dia em que a temperatura mínima deverá subir.

Proteção Civil registou 315 ocorrências esta noite

Saliente-se que a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil registou entre as 00h00 e as 08h00 desta segunda-feira 315 ocorrências por causa do mau tempo, a maioria quedas de árvores e de estruturas, mas sem consequências graves.

Fontes dos Comandos Distritais de Operações de Socorro (CDOS) dos distritos de Viseu, Porto, Guarda, Viana do Castelo, Aveiro, Coimbra, Castelo Branco e Braga tinham adiantado já ter registado até cerca das 07h00 de hoje dezenas de ocorrências relacionadas sobretudo com quedas de árvores, mas também devido à queda de estruturas e pequenas inundações.

Estes distritos estiveram sob aviso laranja do IPMA por causa da previsão de chuva forte e persistente, acompanhada de trovoadas e rajadas fortes e vento forte do quadrante oeste, com rajadas até 85 quilómetros por hora, sendo de 120 quilómetros por hora (Km/hora) nas terras altas.

Estes distritos passaram, entretanto, a aviso amarelo apenas para a previsão de vento forte com rajadas até 85 km/h, diminuindo gradualmente para 70 km/h, e de 110 km/h nas terras altas.

Este aviso amarelo vai estar em vigor até às 18h00 de hoje.

No domingo, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) emitiu um aviso à população dos distritos de Aveiro, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Porto Viana do Castelo e Viseu, devido ao agravamento das condições meteorológica.



Conteúdo Recomendado