Campanha “Somos Serra da Estrela” propõe novo olhar sobre o território

A Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela lançou hoje a campanha “Somos Serra da Estrela” que propõe um novo olhar sobre o território e pretende dar a conhecer a serra “mágica, especial e ainda desconhecida”.

“Numa altura em que as expectativas aumentam para a chegada dos primeiros flocos de neve, o desafio passa por vir à serra, mas descobrir outros encantos, espaços naturais, locais inusitados e ainda desconhecidos que urge conhecer e vivenciar” pelos turistas, refere a Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE) em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a fonte, no âmbito da iniciativa “Somos Serra da Estrela” a CIM-BSE está a preparar um conjunto de iniciativas inovadoras em cada um dos 15 concelhos, com um propósito primordial: “há um outro lado da Serra da Estrela que ainda está por descobrir e que vai muito para além dos roteiros turísticos”.

“Ser Serra da Estrela é ter na memória as lendas milenares das aldeias históricas e castelos, é sentir na pele o ar puro dos trilhos selvagens e encostas brancas de neve”, lê-se.

É, acrescenta, “ter à mesa sabores intensos e tradicionais. É ouvir de viva voz as suas gentes para entender uma identidade e cultura próprias. É esta serra mágica, especial e ainda desconhecida que a CIM-BSE quer dar a conhecer aos turistas, convidando-os a passear também pelas emoções e pelas estórias escondidas, explorando lugares únicos e mergulhando nas entranhas da serra”.

Segundo a nota, o desafio é fazer com que cada turista “se sinta também parte da identidade da Serra da Estrela e a leve consigo quando regressar a casa”.

“Se já tem mil razões para conhecer a Serra da Estrela, a CIM-BSE deixa a garantia, há pelo menos mais outras mil. É muito provável que, pelo menos uma vez na vida, tenha subido à Torre e tirado uma foto com neve. Mas há ainda tanto para descobrir que o repto lançado aos turistas é mesmo regressar e ficar por vários dias”, sublinha.

A campanha assenta, essencialmente, em três pilares: a promoção turística, a valorização das gentes e produtos autóctones e a criação de uma identidade comum a todo o território.

“Uma das grandes novidades da campanha passa pelos próprios habitantes. São estes os grandes protagonistas dessa inovadora campanha da CIM-BSE. Os segredos da Serra da Estrela serão revelados pela voz das suas gentes que melhor a conhecem. Desde as lendas, tradições, lugares especiais que nunca foram postais turísticos, ou os segredos das receitas mais bem guardadas no baú das memórias das gentes locais… Tudo isto e muito mais está prestes a ser revelado, tudo para descobrir, enfim, uma nova Serra da Estrela”, é referido.

A iniciativa promocional aposta numa forte componente digital e através do “Visite a Serra da Estrela” (site, Instagram e Facebook) vai desafiar todos os turistas a terem “um papel ativo e de proximidade”.

A CIM-BSE é constituída por 15 municípios: 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).



Conteúdo Recomendado