Câmara do Sabugal avança com obras na praia fluvial e na entrada sul da cidade

O projeto, que representa um investimento de cerca de um milhão de euros, também contempla, entre outros aspetos, a criação de uma zona de apoio com balneários e instalações sanitárias, um campo de jogos e um pequeno areal.

O município do Sabugal prevê começar no início de 2021 as obras da segunda fase da praia fluvial e de requalificação da entrada sul da cidade, orçadas em cerca de dois milhões de euros.

O vice-presidente da Câmara Municipal do Sabugal, Vítor Proença, disse hoje à agência Lusa que a obra da segunda fase da praia fluvial da Devesa, situada junto da cidade, nas margens no rio Côa, vai permitir a requalificação de cerca de dois hectares de área.

Segundo o autarca, as oito praias fluviais do concelho requerem do município “uma atenção muito especial”, uma vez que, devido à situação de pandemia causada pela covid-19, no verão deste ano foram muito procuradas.

“A praia fluvial do Sabugal não oferece grandes condições de segurança, de mobilidade e de acesso, e pretendemos fazer um melhoramento muito significativo”, referiu.

O responsável contou que o município adquiriu um terreno com 1,5 hectares de área junto à margem direita do rio Côa onde, no âmbito da intervenção prevista, vai ser instalada uma piscina de água natural (com capacidade para 180 pessoas) e uma piscina para crianças (com capacidade para 24 utilizadores).

O projeto, que representa um investimento de cerca de um milhão de euros, também contempla, entre outros aspetos, a criação de uma zona de apoio com balneários e instalações sanitárias, um campo de jogos e um pequeno areal.

“Pretendemos fazer também uma ponte para o outro lado da margem, onde já temos algumas infraestruturas, nomeadamente um campo de ‘futsal’, que vai ser restaurado para um parque de manutenção. Temos também um bar que pretendemos ampliar para que sirva de restaurante/snack-bar”, adiantou.

Vítor Proença referiu que o projeto, “pela sua extensão, característica e sensibilidade”, requer pareceres de muitas entidades, mas a autarquia tem “as coisas mais ou menos orientadas para que no início do ano [de 2021] a obra arranque”.

Próximo da zona da praia fluvial do Sabugal, a autarquia também pretende realizar obras de beneficiação da entrada sul da cidade, onde é feita a ligação rodoviária com o concelho de Penamacor, distrito de Castelo Branco.

O projeto já está elaborado e a intervenção está orçada em cerca de um milhão de euros, segundo o vice-presidente do município do Sabugal.

A obra vai contemplar, entre outras intervenções, a requalificação de passeios, a instalação de passadeiras desniveladas, sinalética e a criação, num talude ali existente, de um miradouro com vista para o castelo.

Com a intervenção, a autarquia do Sabugal, no distrito da Guarda, pretende “lavar a entrada sul” da cidade, como já foi feito com a entrada norte.

Na área a beneficiar, que terá ligação com a praia fluvial, também será criada uma zona de estacionamento, que permitirá que os utilizadores aí possam estacionar os seus veículos e dirigir-se a pé para a área de lazer ou para a própria cidade do Sabugal.



Conteúdo Recomendado