CalaFrio estreia hoje espetáculo em Idanha-a-Velha

O Teatro do CalaFrio estreia hoje espetáculo dedicado ao tema das sementes.

O Teatro do Calafrio estreia hoje a sua nova produção “Contos e canções, rezas e sementes”, pelas 21 horas, na Antiga Sé de Idanha-a-Velha.

Segundo a organização, trata-se de um espetáculo que usa elementos do património coletivo de várias culturas, mas também temas originais.

É através de contos, parábolas, provérbios, canções, lendas, que o músico César Prata, a cantora Suzete Marques e o contador e ator Américo Rodrigues, contam uma história.

“Venha ouvir as lendas da terra, do milho e do centeio. Venha ouvir os contos do grão de milho, do “corre, corre cabacinha”, da vendedora de cebolas, das sementes do feijão, da semente da verdade e “Diógenes e as lentilhas”. Venha ouvir a estória coreana dos dois primos vendedores de sementes e frutos secos. Venha ouvir as canções das “segadinhas”, da roda e da ceifa, e uma versão do “semeei salsa ao reguinho”. Venha ouvir provérbios de “semear em Novembro”. Venha ouvir a história original “a bolota do Barroquinho” e as canções originais “A semente não me mente” e Canção do semeador. Venha ouvir uma reza do pão. Venha ver e ouvir isto e muito mais.”, convida a CalaFrio – Associação cultural.

A estreia está integrada no programa de animação da Conferência – De sementes felizes a alimentos saudáveis que decorre no âmbito da iniciativa “Idanha-a-Velha, “Nas terras do Rei Wamba Há sementes”, promovida pelo Município de Idanha e pela Associação das Aldeias Históricas.

O espetáculo, criado e interpretado por César Prata, Suzete Marques e Américo Rodrigues, segue para Famalicão da Serra, no dia 10 de novembro, pelas 18 horas, na Festa da Castanha e da Jeropiga.




Conteúdo Recomendado