Detidos por posse de droga, armas e explosivos na Guarda e Pinhel

A Guarda Nacional Republicana anunciou este domingo a detenção de quatro homens, com idades entre 17 e 66 anos, nos concelhos de Guarda e de Pinhel, pela alegada prática dos crimes de posse de armas, explosivos e estupefacientes.

Os suspeitos foram detidos no sábado durante a realização de mandados de buscas e de uma operação de combate à criminalidade.

Durante a realização de duas buscas domiciliárias os militares da GNR detiveram dois homens no concelho de Pinhel, com 55 e 66 anos, a quem apreenderam uma pistola metralhadora Uzi de nove milímetros (mm), de uso exclusivo das forças de segurança e das forças armadas, um revólver de calibre .32 mm, dezenas de munições e cartuchos de variados calibres, dez metros de cordão lento e detonante, dez detonadores e quatro petardos.

Ainda no concelho de Pinhel, a GNR deteve em flagrante delito um homem de 25 anos que estava na posse de um aerossol.

No concelho da Guarda, os militares detiveram, também em flagrante delito, um homem de 17 anos, por posse de 50 doses de haxixe e de 10 doses de MDMA.

Fonte da GNR disse à agência Lusa que os dois homens detidos na zona de Pinhel, por posse de armas e de explosivos, no âmbito do mesmo processo de investigação, “têm laços de amizade” entre si.

Os quatro suspeitos, sem antecedentes criminais, serão hoje presentes aos tribunais de Guarda e de Pinhel para primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coação.




Conteúdo Recomendado