Alexandre Guilhoto sagrou-se Campeão Ibérico de ciclismo

A prova cuja partilha organizativa se repartiu entre a Real Federação Espanhola e a Federação Portuguesa de Ciclismo atribuía oito títulos de campeão ibérico Master.

O guardense Alexandre Guilhoto que representa a equipa Marques & Pereira/EM3/Os Beirões, sangrou-se Campeão Ibérico de Ciclismo na categoria Master 30, no passado dia 27 de maio, na localidade andaluza de Salobreña.

A prova cuja partilha organizativa se repartiu entre a Real Federação Espanhola e a Federação Portuguesa de Ciclismo atribuía oito títulos de campeão ibérico Master.

O programa de corridas foi composto por duas mangas, com 78 quilómetros de extensão e cuja principal dificuldade se situava na escalada do Alto da Cebada, uma contagem de montanha de terceira categoria, com 5 quilómetros de subida a uma inclinação média de 3,6 por cento.

O atleta mostrou-se satisfeito com o resultado e acrescentou, “que espelha o empenho e dedicação que tenho tido nos treinos, são muitos sacrifícios, muitas horas e muitos quilómetros de treino, mais propriamente 7500 quilómetros só este ano, para chegar até aqui, sou apenas um atleta amador e vejo assim todo esse esforço recompensado com este título, que é muito importante para mim e para a minha equipa”.




Conteúdo Recomendado