55 milhões de euros dos fundos europeus regionais para novos projetos de Ciência

A medida visa apoiar a construção ou adaptação de infraestruturas físicas, a aquisição de instrumentos e equipamento científico e técnico e despesas com recursos humanos.

No total, a verba de 55 milhões de euros provém do Norte 2020 (40 milhões de euros), Centro 2020 (10 milhões de euros) e CRESC Algarve 2020 (5 milhões de euros). As verbas para cada região estão relacionadas com as dinâmicas regionais e com os apoios que já foram concedidos refere a nota informativa.

Serão ainda abertas, nas restantes regiões, linhas de apoio com estes mesmos objetivos.

A medida visa apoiar a construção ou adaptação de infraestruturas físicas, a aquisição de instrumentos e equipamento científico e técnico e despesas com recursos humanos. As taxas de apoio variam entre os 70 e os 85%.

Os destinatários destes avisos são Instituições de Ensino Superior, os seus Institutos e unidades de Investigação e Desenvolvimento, Laboratórios do Estado e instituições privadas sem fins lucrativos que exerçam atividades de investigação.

A medida tem especial relevo no contexto da pandemia da COVID-19, onde se revelou fundamental o papel da Ciência e da Tecnologia para enfrentar desafios em todas as áreas, desde a saúde, passando pela indústria e serviços especializados às empresas, até à agricultura.

Mais ainda, o investimento no desenvolvimento de conhecimento científico e tecnológico afigura-se como fundamental para que o país continue a reinventar a sua economia e a promover o crescimento sustentável num contexto de retoma económica.



Conteúdo Recomendado