PSP e GNR alertam para burlas com novas notas de 100 e 200 euros

As novas notas entram, esta terça-feira, em circulação. Tenha cuidado para não ser burlado.

No dia em que entram em circulação as novas notas de 100 e 200 euros, tanto a PSP como a GNR fazem alertas aos cidadãos para que não se deixem enganar por burlões.

A PSP frisa que “com a entrada em circulação das novas notas, os cidadãos podem continuar a utilizar a nota de 200 euros da primeira série, sem restrições”.

Por isso, destaca aquela força de segurança, “ninguém está autorizado a recolher notas porta a porta”, uma forma de burla bastante recorrente junto da população idosa, em particular nas zonas rurais.

Mensagem semelhante é transmitida também pela GNR que destaca que “todas as notas da primeira série continuarão a ter curso legal, o que significa que podem continuar a ser utilizadas como meio de pagamento”

“As notas antigas conservarão SEMPRE o seu valor”, adverte a GNR que acrescenta que “se for abordado, ou tiver conhecimento de alguém a tentar trocar ou a recolher notas antigas (primeira série) DENUNCIE de imediato às autoridades”.

Com a entrada em circulação das novas notas de 100 e 200 euros fica concluída a implementação da série Europa, iniciada em 2013 e levada a cabo de forma gradual.

A primeira nota desta nova série foi a de 5 euros que entrou em circulação há seis anos. Depois seguiram-se as notas de 10 (2014), 20 (2015) e 50 euros (2017).

Relativamente às novas notas de 100 e 200 euros estas têm menos cinco milímetros de altura e o mesmo tamanho das de 50 euros.




Conteúdo Recomendado