Novo líder do BE da Guarda quer “consolidar” partido como 3.ª força política distrital

O novo líder da Comissão Coordenadora Distrital do Bloco de Esquerda (BE) da Guarda, Jorge Mendes, disse hoje à agência Lusa que pretende trabalhar para “consolidar” o partido “como a terceira força política no distrito”.

Jorge Mendes, de 63 anos, licenciado em Matemática e professor no Instituto Politécnico da Guarda, foi eleito, no domingo, líder distrital do BE da Guarda para os próximos dois anos.

O novo dirigente distrital do BE disse à Lusa que, para o mandato, tem “quatro grandes objetivos”, sendo que o primeiro “grande objetivo é consolidar o Bloco [de Esquerda] como a terceira força política no distrito da Guarda”.

Os outros três “grandes objetivos” de Jorge Mendes são “reorganizar o BE internamente e aumentar os aderentes [militantes] no distrito”, proceder à “dinamização da sede do BE” com conferências e outras iniciativas, e “participar com todos os movimentos sociais e com todos os partidos nas lutas que venham a ser travadas no distrito”.

Jorge Mendes também considera que as eleições autárquicas de 2021 são “determinantes e fundamentais” para o BE da Guarda.

“Vamos tentar concorrer, pela primeira vez, além da Guarda, a outra Câmara Municipal do distrito, que não vou divulgar, e fazer um esforço para concorrer a várias Juntas de Freguesia no distrito”, indicou.

O dirigente lembrou que, nas últimas eleições autárquicas, o BE apenas apresentou listas à Câmara, Assembleia Municipal e Junta de Freguesia da Guarda, e que o objetivo do partido, no próximo ano, é “concorrer, pelo menos, a outra Câmara Municipal e a outras Juntas de Freguesia” no distrito da Guarda, que abrange 14 concelhos.

Jorge Mendes, antigo presidente do Instituto Politécnico da Guarda, foi o único concorrente ao cargo de coordenador distrital do BE, que nos últimos anos foi desempenhado por Bruno Andrade, que não se recandidatou.

O candidato concorreu com uma moção política intitulada “Por um Bloco de Esquerda popular e democrático: unir e consolidar”.

Segundo o partido, o ato eleitoral para eleição da nova Comissão Coordenadora Distrital da Guarda do BE decorreu no domingo, “com toda a normalidade” e “respeitando o regulamento eleitoral e todas as recomendações de segurança e higiene em vigor”.

O BE adianta em comunicado que “exerceram o direito de voto 56% dos inscritos” e a lista que se apresentou a sufrágio, liderada por Jorge Mendes, “obteve 100% dos votos expressos”.

Os novos membros irão assumir as suas funções na quinta-feira, “elegendo, de seguida, o secretariado distrital e o tesoureiro distrital”, indica o partido.



Conteúdo Recomendado