Fusão com a Optimus aprovada por 99% dos acionistas da Zon

Mais de 99% do capital representado na assembleia-geral votou a favor da fusão entre as duas telecoms. O número foi revelado aos jornalistas por Daniel Proença de Carvalho, ‘chairman’ da dona da TV Cabo. «Está dado mais um passo para que a operação se possa concretizar», afirmou o gestor no final da reunião. No encontro, […]

Mais de 99% do capital representado na assembleia-geral votou a favor da fusão entre as duas telecoms.
O número foi revelado aos jornalistas por Daniel Proença de Carvalho, ‘chairman’ da dona da TV Cabo. «Está dado mais um passo para que a operação se possa concretizar», afirmou o gestor no final da reunião. No encontro, que durou menos de uma hora e que decorreu na Fundação Champalimaud, esteve representado 76,2% do capital social da Zon. «Esperamos que a decisão [dos reguladores] seja rápida», declarou Mário Silva, representante de Isabel dos Santos, que não esteve pessoalmente na assembleia-geral. Outro dos accionistas presentes e que votou favoravelmente à fusão foi Joaquim Oliveira, que controla 4,84% da Zon. «Estou satisfeito com o resultado», disse o empresário ao Diário Económico. Na primeira reacção do mercado a esta decisão, que estava já descontada nas cotações, os títulos da Zon subiam 0,38% para 3,42 euros e os papéis da Sonaecom, que detém a Optimus, avançavam 0,72% para 1,53 euros. Já Portugal Telecom apreciava mais de 2% para 3,96 euros. Com a aprovação da fusão pelos acionistas a CMVM terá agora de se pronunciar, aprovando a derrogação do dever de lançamento de uma OPA. Segue-se também a luz verde da Autoridade da Concorrência que, segundo os prazos legais e caso não se siga para investigação aprofundada, deverá ser dada em junho.



Conteúdo Recomendado