Fruição artística na escola é o tema da próxima “Conversa de Café” na Guarda

A iniciativa, que decorre na próxima sexta-feira, dia 29, no Café Concerto do TMG, surge no âmbito da Guarda Candidata a Capital Europeia da Cultura em 2027.

O professor e investigador Paulo Morais-Alexandre, a atriz e encenadora Rita Lello e os professores Norberto Gonçalves e António Prata Coelho são os convidados da próxima Conversa de Café a realizar na sexta-feira, dia 29 de março, às 21h30, no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, com entrada livre.

“A fruição artística na Escola: desafios pedagógicos” é o tema desta quarta iniciativa do Ciclo “Conversas de Café”, estando a próxima já agendada para o próximo dia 26 de abril sob o tema “A Diáspora: patrimónios da emigração na região da Guarda”.
A iniciativa é organizada pela Comissão Executiva da Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura e a Câmara Municipal da Guarda, tendo como principal objetivo promover a participação e o envolvimento da comunidade em geral na discussão pública e reflexão dos temas que integram o conteúdo da estratégia e proposta de programa da Candidatura da Guarda a Capital Europeia da Cultura 2027.

Paulo Morais-Alexandre é licenciado em História, variante de História da Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa; Mestre em História da Arte pela Universidade Lusíada de Lisboa; Doutor em Letras, área de História, especialidade de História da Arte, pela Universidade de Coimbra. Exerceu atividade docente na Universidade Católica Portuguesa; na Universidade Moderna; Escola Superior de Artes Decorativas da Fundação Ricardo Espírito Santo Silva; no Instituto de Artes Visuais, Design e Marketing; Escola Superior de Educação de Lisboa. Professor de nomeação definitiva na Escola Superior de Teatro e Cinema. Investigador Integrado do Centro de Investigação e de Estudos em Belas-Artes – CIEBA da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa.

Rita Lello é mestranda em Teatro e Comunidade na ESTC, formada em Tradução pelo ISLA e em Teatro pelo IFP com Aldona Skiba-LIckel, Rita Lello desenvolve deste 1994 trabalho em Teatro nas vertentes de Atriz, Encenadora, Tradutora e Professora. Trabalhou regularmente com Mário Viegas e António Feio, que considera duas referências fundamentais e passou por companhias como a Cornucópia, Teatro Experimental de Cascais, Primeiros Sintomas, Teatro do Bolhão e Teatro Extremo.

Norberto Gonçalves obteve a licenciatura em Antropologia com especialização em Sociologia das Regiões Tropicais pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade Técnica de Lisboa em 1986. É professor desde 1984. Atualmente leciona as disciplinas de Português e História e Geografia de Portugal do 2º Ciclo do Ensino Básico no Agrupamento de Escolas da Sé – Guarda.

António Prata Coelho, licenciado em História, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Curso de Qualificação em Ciências da Educação pela Universidade Aberta. Professor do 3º ciclo e secundário desde o ano letivo de 1985. Presentemente professor de História e de História da Cultura e das Artes no Agrupamento de Escolas da Sé, Guarda. Participação em grupos de trabalho que privilegiam a aprendizagem através da valorização do património cultural, dos saberes e das artes.




Conteúdo Recomendado