Exposição de Pires Vieira e Carlos Adaixo patente no Museu da Guarda

As exposições “Geometrias I & II e outros objetos pictóricos, 2009/2018” e “O Tempo que passa, a Arte que fica” serão inauguradas nos dias 7 e 8 de fevereiro, respetivamente.

A partir de quinta-feira, dia 7 de fevereiro, o Museu Municipal da Guarda exibe a exposição, “Geometrias I & II e outros objetos pictóricos, 2009/2018”, de Pires Vieira, e, no dia 8, “O Tempo que passa, a Arte que fica”, de Carlos Adaixo.

A exposição de Pires Vieira será inaugurada amanhã, dia 7 de fevereiro, pelas 18 horas, no Museu da Guarda, onde ficará patente até ao dia 25 de maio. A exposição reúne obras representativas do trabalho desenvolvido pelo artista nos últimos dez anos, onde serão apresentadas obras das séries “Geometrias II”, de 2018, “Geometrias I”, de 2016, “Who is afraid of…?”, de 2014, “Une image peut en cacher une autre”, de 2011, “Polígonos irregulares sobre um tema de Monet”, de 2009 e os livros “Janelas um” e “Janelas”, de 2017-18.

No dia seguinte, pelas 18 horas, terá lugar a abertura de “O Tempo que passa, a Arte que fica”, de Carlos Adaixo, na Galeria d´Arte do Museu da Guarda, onde ficará patente até ao dia 24 de março. Esta exposição assinala os trinta anos de percurso do artista e mostra sobretudo as suas últimas concretizações.



Conteúdo Recomendado