Covid-19. Idoso detido por violar confinamento obrigatório em Belmonte

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Covilhã.

O homem foi encontrado a trabalhar, violando o dever de confinamento obrigatório que lhe tinha sido decretado pela Autoridade de Saúde Pública. GNR acompanhou o detido a casa e os factos foram remetidos para o tribunal.


Um homem, de 71 anos, foi detido, na passada quarta-feira (dia 11), pela GNR de Castelo Branco, pelo crime crime de desobediência por violação do confinamento obrigatório, no âmbito da pandemia.

Em comunicado, a autoridade esclarece que o idoso foi detido em Belmonte após uma denuncia.

Sem adiantar se o homem estava infetado pelo novo coronavírus ou se se encontrava a ser vigiado por suspeitas de infeção, a GNR detalhou, contudo, que o idoso “estava a trabalhar” quando a Guarda chegou ao local.

“[O homem estava a contactar] com diversas pessoas, violando desta forma o dever de confinamento obrigatório que lhe tinha sido decretado pela Autoridade de Saúde Pública, tendo sido detido e acompanhado ao seu domicílio”, pode ler-se ainda na referida nota.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Covilhã.



Conteúdo Recomendado