Belmonte encerra serviços municipais devido a foco de Covid-19

Os serviços serão reabertos na segunda-feira, a partir das 09 horas.

A Câmara de Belmonte encerrou os serviços municipais, que funcionam na Rua Pedro Álvares Cabral, devido a um foco de covid-19 verificado entre funcionários municipais.


Em despacho assinado pelo presidente desta autarquia do distrito de Castelo Branco, António Dias Rocha, é referido os serviços serão reabertos na segunda-feira, a partir das 09 horas.


O documento não especifica quantas pessoas estão infetadas ou em isolamento profilático, mas sublinha que o atendimento digital vai manter-se, bem como através do telefone número 275082260.

O autarca socialista também apela a todos que foram notificados para estarem em confinamento e/ou isolamento e para que cumpram rigorosamente as regras sanitárias que lhes foram transmitidas pelas autoridades de saúde.

“Só assim poderemos interromper as cadeias de contágio e ultrapassar esta fase difícil”, acrescenta.

António Dias Rocha pede igualmente que as regras do estado de emergência sejam cumpridas, assim como as regras básicas sanitárias, através do uso obrigatório da máscara, do distanciamento social e da etiqueta respiratória.
Na quarta-feira, Belmonte registava 162 casos ativos, segundo dados do Agrupamento dos Centros de Saúde da Beira (ACeS) da Cova da Beira, compilados com base na plataforma “Trace COVID 19”.

No total, os três concelhos que integram o ACeS da Cova da Beira – Belmonte Covilhã e Fundão – tinham, na quarta-feira, 578 casos ativos, 285 recuperados e 11 óbitos, estando entre os 121 concelhos de maior risco de contágio.



Conteúdo Recomendado