Homem de 50 anos detido em Vila Nova de Foz Côa por incêndio florestal

O detido foi presente no Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa, tendo sido condenado a pagar uma injunção de 600 euros ao Estado.

No passado dia 27 de agosto, o Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Vila Nova de Foz Côa, deteve um homem de 50 anos, pelo crime de incêndio florestal, em Vila Nova de Foz Côa.

Os militares, alertados para o facto de estar a deflagrar um incêndio florestal, deslocaram-se de imediato ao local, onde conseguiram intercetar o seu autor.

Segundo fonte da GNR, das diligências efetuadas, complementadas por uma testemunha ocular, foi possível apurar que o incêndio foi consequência do arremesso de uma beata de cigarro para uma zona de pasto. O incêndio acabou por se descontrolar para uma zona de cultura vitivinícola, consumindo cerca de 5 mil metros quadrados.

Ontem, dia 28 de agosto, o detido foi presente no Tribunal Judicial de Vila Nova de Foz Côa, tendo sido condenado a pagar uma injunção de 600€ ao Estado.




Conteúdo Recomendado