Centro de Portugal aposta em iniciativas online e visitas virtuais

O Turismo Centro de Portugal (TCP) tem em curso uma série de iniciativa que permitem visitar a região sem sair de casa, de forma virtual, e que são ideais para conhecer os atrativos do destino em época de confinamento.

“Apesar de a atividade turística estar parada, devido à pandemia em curso, a região Centro de Portugal continua viva e dinâmica. Estas iniciativas recentes são uma resposta possível para mitigar as saudades que os seguidores do Turismo Centro de Portugal têm de visitar a região, saudades que expressam nas nossas redes sociais. É uma forma de mostrar o muito que há para conhecer e estimular as pessoas a regressar à região, assim que for possível”, explica Pedro Machado, presidente do TCP.

De acordo com uma nota enviada à imprensa pelo TCP, a mais recente iniciativa denomina-se #CentrodePortugalonline e consiste numa série de artigos regulares, publicados no site do TCP, em que são apresentados vários destinos que podem ser visitados de forma digital.

“A primeira publicação foi feita ontem e é dedicada aos museus do Centro de Portugal que disponibilizam visitas virtuais. O artigo, com vários museus, pode ser lido em https://bit.ly/2LZfyWW”, indica o TCP.

Além dos museus, nos próximos dias e semanas, serão publicados mais artigos com outros destinos da região, incluindo os Lugares Património da Humanidade, os Roteiros Vinícolas e Adegas, os Festivais Virtuais ou os Jardins Históricos.

Outra das iniciativas lançadas pelo TCP é um podcast semanal sob a forma de um programa de rádio online que dá voz aos protagonistas da região, a exemplo do cantor André Sardet, que protagoniza o episódio mais recente.

“Nas três primeiras edições, disponíveis em https://spoti.fi/2NxsCD4, são sugeridos roteiros e visitas no território do Centro de Portugal e conta-se tudo o que acontece na maior região de turismo do país”, acrescenta a entidade regional de turismo.

O TCP destaca ainda a rubrica “Os melhores sítios do Centro de Portugal para…”, disponível através do website www.turismodocentro.pt e que, como o nome indica, sugere destinos na região para diversas finalidades.

“Os melhores sítios “para chorar de alegria, emoção ou saudade”, “para respirar a plenos pulmões”, “para namorar, beijar ou fazer o pedido de casamento” ou “para aliviar o stress e manter a boa forma” são alguns exemplos”, lê-se ainda no comunicado divulgado.



Conteúdo Recomendado