SISAB começa hoje com meio milhar de empresas à procura de novos mercados

Mais de 500 empresas portuguesas do setor agroalimentar, representando 12% das exportações nacionais, participam na 22.ª edição do SISAB – Salão Internacional do Sector Alimentar e Bebidas, em Lisboa, que arranca hoje.

«Estamos perante a maior mostra mundial de marcas e produtos de um só país dirigidos à exportação», explicou o presidente-executivo da SISAB, Carlos Morais, lembrando que nesta edição estarão presentes 511 empresas, de 28 setores de atividade, mais 60 do que no certame de 2016.

Nesta edição, que decorre até quarta-feira, estão presentes mais de 80% das empresas exportadoras portuguesas do setor agroalimentar, que poderão vender os seus produtos e marcas a 1.700 compradores internacionais, de cinco continentes, e de 110 países.

«Estamos perante uma iniciativa de apoio à exportação das empresas que marcam presença no certame, possibilitando anualmente milhares de novos negócios em diferentes áreas geográficas», disse o responsável.

Carlos Morais referiu também que as empresas portuguesas do setor alimentar e bebidas ao aumentarem a produção e ao tornarem-se mais eficientes só têm uma saída que é «apostar na exportação e na diversificação dos mercados internacionais».

A área do certame desta edição mantém-se igual à do ano anterior, ou seja, nos 10.000 metros quadrados, com lotação esgotada.

Trata-se de uma feira de negócios e, por isso, fechada ao consumidor final, sendo exclusiva para profissionais do setor.



Artigos Relacionados / Pub