O trabalho artesanal ganhou um novo fulgor, e há nesta região vários artesãos a transformar as matérias que a natureza oferece em obra-prima, preservando os saberes e métodos tradicionais.

queijo-serra-da-estrela

Apesar do Queijo da Serra da Estrela ser a grande atração dos produtos regionais, há muito mais para além do afamado queijo, há pão do sabugueiro, azeite, doces, enchidos, frutos secos, chás e licores.

O Queijo certificado da Serra da Estrela é sem dúvida um ex-libris da região e poderá ser encontrado nos mais diversos pontos de venda da região e até online, já são várias as lojas virtuais a permitir, através de um clique, deliciar-se com esta iguaria caso esteja longe da região.

Não se pode apontar um enchido exclusivo ou característico desta região. Um pouco por todo o lado há morcelas, alheiras, farinheiras ou chouriços, que são preparados com uma tipicidade natural, que acaba por diferenciá-los e distingui-los conforme a naturalidade. A morcela e o bucho da Guarda são uma referência gastronómica. Nas Beiras também se fazem alheiras artesanais de excelente qualidade. Destaque ainda para o chouriço de sangue, o chouriço doce ou também para as moiras.

Shutterstock
O Azeite da Beira Interior compreende as qualidades da Beira Alta e da Beira Baixa, e é característico pela sua tonalidade mais suave, pelo seu paladar frutado e aroma sui generis.

Shutterstock Images – Licença Standard

Alguns concelhos do distrito da Guarda e de Castelo Branco integram a rota de um dos mais genuínos produtos naturais o Mel Serra da Estrela. Este é fruto do trabalho de abelhas da espécie Ibérica, que aproveitam o néctar das flores desta região, dando origem a mel muito escuro (o de Urze) ou quase branco (o de rosmaninho), o qual detém um sabor sui generis e delicioso. Nesta região, destaca-se o Pão do Sabugueiro, de centeio com um tom escuro e de textura agradável, com origem nas encostas da Serra da Estela.

Pão do Sabugueiro – Grande Forno

 

Como esta é uma zona tradicionalmente vitivinícola é natural que apareçam alguns licores afamados altamente aromáticos, como a ginja da Serra da Estrela, a jeropiga, a aguardente de bagaço e o de zimbro ou de castanha, entre outros.

 

Artesanato By Serra da Estrela

Atualmente, o trabalho artesanal ganhou um novo fulgor, e há nesta região vários artesãos a transformar as matérias que a natureza oferece em obra-prima, preservando os saberes e métodos tradicionais. Nota-se um cuidadoso aproveitamento dos recursos naturais, regionais, como as fibras vegetais e animais, as peles e a madeira.

Desde pantufas em pele a pantufas de ovelha, às malhas de lã, às mantas de burel, aos cobertores de papa, aos gorros ou capas para proteger do frio, até às sofisticadas malas em burel. A oferta artesanal é tão vasta que vai desde dos bordados e rendas, à cestaria, à cerâmica, à tanoaria, à olaria, até aos produtos inovadores em xisto ou madeira.

Cestas de várias cores e diversos tamanhos, miniaturas de animais, alfaias agrícolas ou casas de xisto, casacos de pele e lã, gorros e meias de lã, lençóis e toalhas de mesa, os alguidares e as bilhas, as vasilhas, os barris, entre tantos outros, são alguns dos produtos que poderá encontrar na região da Serra da Estrela.