Covid-19: Município de Aguiar da Beira reabre feiras quinzenais na próxima semana

O município de Aguiar da Beira vai reabrir, na próxima semana, as duas feiras quinzenais que se realizam no concelho, com “uma série de novas regras” devido à pandemia da covid-19, foi hoje anunciado.

A autarquia refere em comunicado publicado na sua página oficial da internet que as feiras quinzenais, que se realizam em Aguiar da Beira e Mosteiro – Penaverde, reabrem na segunda-feira (Aguiar da Beira) e no dia 10 (Mosteiro – Penaverde), com “a disponibilização dos habituais produtos e serviços e com uma série de novas regras decorrentes da pandemia de covid-19”.

Segundo a nota, a reabertura das feiras quinzenais, após uma paragem de mais de dois meses, “está condicionada ao cumprimento de todas as normas e recomendações definidas pela Direção-Geral da Saúde (DGS), tendo os comerciantes e clientes que obedecer a um conjunto de normas de funcionamento específicas, que visam garantir as condições de segurança e higiene no exercício da sua atividade”.

A autarquia de Aguiar da Beira, presidida por Joaquim Bonifácio, refere que “tanto os feirantes como os clientes têm de usar máscara, devendo ainda os clientes respeitar entre si a distância social de segurança, de dois metros, no momento de visita aos ‘stands'”.

Os feirantes “devem ter desinfetante nos seus espaços/bancadas/tendas para uso próprio e dos clientes, tendo ainda de desinfetar as superfícies da zona de venda que usarem ou que estiveram em contactos com os clientes” e higienizar as mãos no início e no final de cada atendimento.

Os comerciantes também devem providenciar uma barreira física de forma a assegurar um distanciamento mínimo de um metro entre o consumidor e a banca de exposição dos artigos, e garantir a recolha de todos os resíduos produzidos durante a atividade de venda.

Os espaços de “comes e bebes” devem “garantir que a disposição das mesas e cadeiras permita uma distância de, pelo menos, dois metros, salvo as exceções previstas, entre todas as pessoas”, e os pratos, copos, talheres e outros utensílios “devem ser colocados nas mesas na presença dos clientes, tal como assegurada a sua higienização e acondicionamento”.

Os clientes dos recintos das duas feiras quinzenais de Aguiar da Beira devem evitar tocar em objetos e superfícies, e o município define que não devem estar mais de duas pessoas por bancada/espaço de atendimento.

As medidas determinadas pela Câmara Municipal de Aguiar da Beira, no distrito da Guarda, visam “criar um clima de segurança e confiança, para disponibilizar um conjunto de bens para o dia-a-dia de todos os munícipes, assim como permitir a continuidade da atividade profissional dos diferentes vendedores”.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 373 mil mortos e infetou mais de 6,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Cerca de 2,6 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.424 pessoas das 32.700 confirmadas como infetadas, e há 19.552 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.




Conteúdo Recomendado