“A Violação de Recy Taylor” em exibição no Teatro Municipal da Guarda

O documentário de Nancy Buirski será exibido esta noite, pelas 21h30, no pequeno auditório do TMG.

Usando imagens de arquivo, a realizadora Nancy Buirski debruça-se uma vez mais neste documentário sobre casos polémicos de uma época de grande segregação racial nos Estados Unidos, depois de o ter feito noutro documentário, “The Loving Story” (2011).

A 3 de Setembro de 1944, após assistir aos serviços religiosos, na cidade de Abbeville, Alabama (EUA), a jovem afro-americana Recy Taylor é raptada e violada por seis homens brancos. Decidida a fazer justiça, faz algo incomum naquela época: apresenta uma queixa à polícia e identifica cada um dos seus agressores. Mas apesar da identificação e confissão do crime, os seis homens não são incriminados. Essa aceitação do delito pelas autoridades causou uma grande revolta na comunidade afro-americana, que fez uma participação à instituição dos direitos civis NAACP (National Association for the Advancement of Colored People). A activista Rosa Parks, que mais tarde viria a tornar-se famosa por se recusar a dar o seu lugar no autocarro a um branco, é enviada e dá início a uma investigação. Este momento, apesar de trágico, foi mais um passo em direcção à igualdade de direitos dos indivíduos de raça negra nos EUA.

Os bilhetes, no valor de 3€, podem ser adquiridos aqui.




Conteúdo Recomendado