400 ciclistas disputaram II Clássica de Idanha-a-Nova

Numa organização conjunta da ACIN-Associação de Cicloturismo de Idanha-a-Nova e ACBI-Associação de Ciclismo da Beira Interior, com o apoio do Município de Idanha-a-Nova, realizou-se no passado domingo, dia 2 de abril, a II Clássica de Idanha-a-Nova.

Num dia primaveril o evento percorreu as estradas, aldeias, vilas e lugares de Idanha-a-Nova. Participaram cerca de 400 atletas, de todo o país e da raia espanhola, dando um colorido bem diferente às paisagens do concelho.

Os percursos passaram por Proença-a-Velha, Monsanto, Segura, Salvaterra do Extremo, Ladoeiro, Penha Garcia, Monfortinho e pela vila de Idanha-a-Nova, de onde partiram e chegaram os participantes, frente ao edifício da Câmara Municipal.

Este evento teve, como novidade, um troço do percurso do grandfondo, em caminho de terra batida, com cerca de 2km, e os habituais troços em pavé (paralelo), alguns em quelhas e com subidas de tirarem a respiração a quem por lá passa.

Os participantes gostaram dos percursos, das paisagens, da simpatia dos idanhenses, do convívio e da excelência da organização.

Resultados:

Granfondo

1º Carlos Gomes (Sintra Clube de Ciclismo) – 4h23’02”; 2º Alexandre Guilhoto (Marques & Pereira/Garbike/Os Beirões) – 4h23’14”; 3º André Soares Filipe (CPR A-do-Barbas) – 4h23’22”

Por equipas: 1º Sintra Clube de Ciclismo; 2º Marques & Pereira/Garbike/Os Beirões; 3º CPR A-do-Barbas

Mediofondo

1º Gil Santos (G.D.R Canaviais, Comprarcasa Évora) – 2h23’47”; 2º Hugo André Catarino Alves (individual) – 2h23’52”; 3º Flavio Santos (Lubrialbi/Casa Benfica Castelo Branco) – 2h24’39”

Por equipas: 1º Lubrialbi/Casa Benfica Castelo Branco; 2º G.D.R Canaviais/Comprarcasa Évora; 3º Btt Retiro das Adegas/AlarmeON.

Prova feminina

Na prova feminina venceram Inês Trancos (Academia Joaquim Agostinho), 5h20’02” e Patrícia Gonçalves (BttSeia), 2h46’48”, nas distâncias do granfondo e mediofondo, respetivamente.

As bicicletas clássicas tiveram uma classificação especial, tendo vencido Domingos de Deus Pereira Ferreira (individual), com o tempo de 2h50’16”.




Conteúdo Recomendado