UBI e Politécnico da Guarda integram Rede IEC de empreendedorismo para os territórios de baixa densidade

A rede prevê a concessão de 90 bolsas para empreendedores que apresentem soluções inovadoras e sustentáveis para os problemas e desafios societais complexos identificados pelas Comunidades.

A Universidade da Beira Interior assinou, na passada semana, um protocolo de co-promoção dinamizado pela Associação para a Economia Cívica Portugal para a criação da “Rede IEC de Empreendedorismo para Territórios de Baixa Densidade”, cuja candidatura já foi apresentada ao Programa COMPETE.

A Rede que estará alicerçada nos Centros de Inovação e Desenvolvimento Societal a criar em cada uma das Comunidades para a Economia Cívica e que conta com a colaboração da UBI, dos Institutos Politécnicos de Bragança, Guarda e Castelo Branco assim como com os Municípios parceiros da IEC, prevê a concessão de 90 bolsas para empreendedores que apresentem soluções inovadoras e sustentáveis para os problemas e desafios societais complexos identificados pelas Comunidades.

Com este projeto, a Associação para a Economia Cívica pretende promover o espírito empresarial de jovens licenciados e mestrandos para que essas soluções possam não apenas resolver problemas e desafios societais complexos, mas também gerar riqueza e criar postos de trabalho nos territórios de baixa densidade.

A escolha dos bolseiros será da competência das entidades que formam parte das Comunidades para a Economia Cívica após o parecer dos parceiros científicos que garantem o grau de excelência, de inovação e de sustentabilidade mais elevado possível. Trata-se de uma aposta forte na co-responsabilização de todos na promoção do espírito empresarial em territórios onde esse espírito é mais necessário.

 




Conteúdo Recomendado