UBI bate recorde de estudantes

A Universidade da Beira Interior (UBI) tem no atual ano letivo o maior número de estudantes de sempre. São 7262 alunos que escolheram aquela instituição para fazer um dos cursos de Licenciatura e/ou Mestrado Integrado, Mestrado e Doutoramento.

O aumento do número de alunos da UBI é uma tendência que se verifica nos últimos três anos, período em que o número de alunos subiu consecutivamente.

O valor global integra também as renovações de matrículas, mas o maior peso advém da entrada de novos alunos, “representando o interesse crescente de quem se candidata à universidade, em qualquer um dos três ciclos de estudos”, refere a instituição.

O aumento de novos alunos verifica-se e em todas as cinco faculdades, sinal, refere a universidade, de que a qualidade que atrai os alunos é transversal às várias áreas científicas às quais a UBI se dedica, em termos de ensino e investigação.

De acordo com a UBI, para atingir o maior número de alunos num só ano letivo, verificado no actual mês de dezembro, contribuiu também a estratégia de internacionalização “cujo sucesso se traduz no aumento de estudantes, ano após ano”. Atualmente, frequentam a UBI 1176 estrangeiros, depois de no ano passado ter sido ultrapassada a marca dos 1000 estudantes.

“Todos estes dados evidenciam que a Universidade da Beira Interior está cada vez mais entre as preferências de quem pretende fazer um curso superior, independentemente da nacionalidade”, sustenta a instituição que sublinha que a situação já tinha ficado já patente nos resultados do Concurso Nacional de Acesso deste ano, no qual a UBI conseguiu as maiores percentagens de colocação comparativamente com as instituições geograficamente afastadas do eixo litoral.

“Um resultado assente nas estratégias de captação implementadas, que apostam ainda em atrair os melhores candidatos. Quanto aos concursos para estudantes internacionais, têm consecutivamente esgotado quase todas as vagas iniciais. Nesta altura, a UBI tem já aberto um novo concurso para os alunos internacionais, cujas candidaturas podem ser feitas até 19 de janeiro.




Conteúdo Recomendado