UBI abre vagas para Pós-graduação em Hidrologia e Climatologia

O curso não conferente de grau tem candidaturas abertas até dia 31 de janeiro.

A Universidade da Beira Interior (UBI) vai iniciar uma nova Pós-graduação em Hidrologia e Climatologia, que se destaca por ser única no país. O curso não conferente de grau conta com a colaboração de docentes altamente qualificados na área e terá início a 21 de fevereiro. As candidaturas prologam-se até dia 31 de janeiro.

Ministrado em b-learning, tem duração de um ano letivo, decorrendo às sextas-feiras e sábados, no Centro de Formação Interação UBI/Tecido Empresarial (CFIUTE).

Além de colmatar um vazio de formação na área a nível nacional, esta pós-graduação apresenta um programa organizado em torno de temas transversais à medicina, engenharia e química hidrológica ambiental. Estes conteúdos são fundamentais para complementar e melhorar técnicas correntemente implementadas, através do fornecimento de recursos humanos conducentes à prestação de serviços de superior qualidade aos aquistas que se fazem deslocar às estâncias termais.

Nessa perspetiva, a formação na área de Hidrologia e Climatologia prefigura-se como um contributo para a melhoria do sector termal, numa perspetiva clínica, da engenharia, ou da química e de valorização do individuo que nela apostar.

Pretende-se com esta pós-graduação formar profissionais ligados ao termalismo nas suas áreas de medicina, engenharia e química hidrológica ambiental através de uma abordagem inter e multidisciplinar. Destina-se a capacitar médicos para exercerem funções clínicas nos estabelecimentos termais, paralelamente com outros intervenientes na área da saúde, tais como enfermeiros e fisioterapeutas, por forma a assegurarem o apoio aos cuidados de saúde nos estabelecimentos termais.

Por outro lado, pretende-se formar agentes capazes de assegurar a gestão e exploração dos recursos hidrominerais nos estabelecimentos termais e/ou em SPAs (engenheiros e afins). Adicionalmente, formará profissionais na área laboratorial vocacionados para manutenção da qualidade da água e criação e desenvolvimento de novos produtos com recurso à água termal (engenheiros químicos, farmacêuticos, biólogos e afins).




Conteúdo Recomendado