TMG acolhe III Fórum de Empreendedorismo e Inovação da Guarda

Alterações climáticas e sustentabilidade económica servem de mote para o próximo E-Inovação, a ter lugar no Café Concerto do Teatro Municipal da Guarda, no dia 26 de outubro.

Organizado pelo Quiosque do Empresário com o apoio do Teatro Municipal e a Câmara Municipal da Guarda, a terceira edição do E-INOVAÇÃO – Fórum de Empreendedorismo e Inovação da Guarda regressa no dia 26 de outubro e terá como principal foco as alterações climáticas e a sustentabilidade económica, social e ambiental.

A sessão de abertura está marcada para as 09 horas e conta com intervenções de Carlos Chaves Monteiro, Presidente da Câmara Municipal da Guarda, e Sílvia Massano, do Quiosque do Empresário. O primeiro painel inicia com a comunicação de António Alçada, engenheiro civil e Mestre em Hidráulica, que apresenta “Os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU”, seguindo-se Sérgio Costa, Vice-Presidente da Câmara Municipal da Guarda, que abordará o tema “A água e as alterações climáticas”.

Pelas 11 horas, Francisco Ferreira, professor na FCT-NOVA e presidente da Associação ZERO, e Sofia Pinto, licenciada em Ordenamento dos Recursos Naturais e Ambiente, pela Escola Superior Agrária de Castelo Branco, debatem “As alterações climáticas e novas formas de economia” e “A importância da gestão ambiental na sustentabilidade do nosso planeta”, respetivamente.

Ao final da manhã, Joaquim Marques, diretor financeiro e administrador da Aptiv Portugal, reflete sobre “A tecnologia do futuro na indústria móvel”, seguindo-se Miguel Ribeirinho, do Grupo Delta Cafés.

A partir das 14 horas, o Fórum conta com a presença de Fernando Carvalho Rodrigues, professor Emérito no IADE – Instituto de Arte, Design e Empresa, Miguel Miranda, presidente do Conselho Diretivo do IPMA, Rafael Neiva e Eduardo Moura, Diretor-adjunto de Sustentabilidade da EDP – Energias de Portugal.  

Pelo segundo ano consecutivo, o jornalista Fausto Coutinho será o moderador.

As inscrições, no valor de quatro euros, podem ser efetuadas aqui, sendo que a receita das entradas no E-INOVAÇÃO de 2019, reverterá para a aquisição de equipamento e plantação de 1000 árvores na região.




Conteúdo Recomendado