Tia Graça atuam hoje no Teatro Municipal da Guarda

“Tia Graça” é um espetáculo de autor, concebido e interpretado por Luís Fernandes, no papel mais maduro do seu percurso criativo, a par de um trio de jovens instrumentistas da nova vaga.

O inusitado naipe de sopros que acompanha, ao vivo, as canções originais (oboé, fagote e eufónio) traz ao espetáculo as reminiscências filarmónicas que ilustram o contexto familiar da vida da personagem central, a Tia Graça, mas com uma transversal e sofisticada linguagem musical para todas as idades.

Depois de “Reportório Osório”, este novo espetáculo de Luís Fernandes aprofunda as ligações, gratas para o autor, entre tradição e contemporaneidade, passando uma forte mensagem com ternura e a necessária inteligência, num registo estimulante para o consumido espectador dos nossos dias. Em “Tia Graça”, reconhece-se a valorização tardia destes entes mais discretos, aqui trazidos à ribalta, retratando os temas da velhice e da solidão com muito humor. Uma lição de vida em palco.

O espectáculo, com entrada livre, tem início pelas 22 horas, no Café Concerto e conta com Luís Fernandes na Voz e Interpretação; Joana Soares e Telma Mota no Oboé; Inês Moreira Coelho no Fagote; Inês Luzio  no Eufónio; Beatriz Mendes no Trombone; com Músicas de Manuel Maio; Letras de Luís Miguel Fernandes e Cenografia de enVide neFelibata do Teatro e Marionetas de Mandrágora.




Conteúdo Recomendado