Soito acolhe festival “Ó Forcão Rapazes!”

Está marcado para dia 16, na praça de toiros do Soito, mais uma edição do festival “Ó Forcão Rapazes!”, onde nove das aldeias com maior tradição na capeia “arraiana” medem forças e engenho.

Com início pelas 15h30, o evento é considerado o “campeonato do mundo” desta lide tradicional e exclusiva das gentes do Sabugal. Este ano, participam representantes de Alfaiates, Aldeia do Bispo, Aldeia da Ponte, Aldeia Velha, Fóios, Forcalhos, Lageosa da Raia, Ozendo e Soito. Os nove touros da prova são da ganadaria de José Manuel Duarte, mais conhecido por “Fininho”, que comemora 20 anos de atividade. O festival é organizado pela Junta de Freguesia de Alfaiates e a ARCO – Associação Recreativa e Cultural do Ozendo. Em 1986, este acontecimento surgiu sob a forma de um concurso, mas foi transformado em festival para evitar desaguisados entre os participantes e controvérsia. A iniciativa germinou a 13 de janeiro desse ano, em Lisboa, por iniciativa de António Chorão, natural de Aldeia da Ponte, José Oliveira Manso e José Manuel Gusmão, ambos dos Forcalhos, que elaboraram os estatutos de “Ó Forcão Rapazes!”. O objetivo era fomentar o associativismo e preservar tradição do forcão. Em 1987, o evento passou a ser organizado por duas Juntas de Freguesias, que distribuem o lucro gerado pelas oito aldeias participantes, e já na década de 90 eliminou-se a vertente competitiva para o evento se tornar num grande convívio dos “arraianos” e dos aficionados. Vinte e oito anos depois, a tradição está cada vez mais viva.




Conteúdo Recomendado