Operação ‘Carnaval 2016’ registou menos acidentes mas igual número de mortos

A GNR registou 871 acidentes, três mortos e 15 feridos graves, no âmbito da operação ‘Carnaval 2016’, que decorreu entre sexta-feira e a meia-noite desta terça-feira, disse à Lusa fonte do comando-geral daquela força de segurança.

De acordo com o oficial de operações do comando-geral da GNR, durante os cinco dias em que decorreu a operação, registaram-se 871 acidentes, menos 111 que na operação do ‘Carnaval de 2015’, mas o número de mortos registados, três, é igual ao ano do anterior.

Os 871 acidentes registados provocaram 15 feridos graves, mais quatro do que na operação do ano anterior, e 273 feridos ligeiros, mais dois, segundo o mesmo responsável.

A GNR realizou, desde a meia-noite de sexta-feira, a operação ‘Carnaval 2016’, reforçando o patrulhamento e a fiscalização rodoviária nas vias mais críticas, especialmente nas estradas que convergiam aos locais onde tradicionalmente ocorrem festividades carnavalescas.

Durante a operação, a GNR realizou ações de fiscalização com o objetivo de prevenir a sinistralidade rodoviária, estando os militares especialmente atentos aos excessos de velocidade, condução sob influência de álcool e de substâncias psicotrópicas, além da não utilização do cinto de segurança, uso do telemóvel durante a condução e falta de carta de condução.


Conteúdo Recomendado