IPG lança pós-graduação em Enoturismo

A formação terá a duração de oito meses, será feita nas instalações do IPG e da CVRBI e irá preparar profissionais em matérias de gestão e de marketing aplicados ao enoturismo.

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) em parceria com a Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior (CVRBI) vai lançar uma pós-graduação em Enoturismo. O novo curso de especialização avançada, que começa em junho, será apresentado na próxima quinta-feira, dia 18 de março, às 15h30, em conferência de imprensa no Solar do Vinho da Beira Interior.


“A pós-graduação foi desenhada em conjunto com a Comissão Vitivinícola para aumentar a qualidade do enoturismo na região da Beira Interior. É uma parceria estratégica com uma entidade que conhece bem as necessidades da região”, afirma Joaquim Brigas, presidente do IPG.


A formação terá a duração de oito meses, será feita nas instalações do IPG e da CVRBI e irá preparar profissionais em matérias de gestão e de marketing aplicados ao enoturismo e ao património gastronómico. As aulas serão lecionadas pelos professores do Politécnico da Guarda em conjunto com os profissionais qualificados da indústria do vinho, como o enólogo Anselmo Mendes, o empresário e professor de viticultura João Paulo Gouveia, o jornalista e crítico de vinhos, Fernando Melo, o professor Bianchi de Aguiar, entre outros.

“A Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior quer aproveitar as potencialidades da região – como as aldeias históricas, os geoparques, os produtos endógenos, as serras, as adegas ou o vinho – para desenvolver uma rota de vinhos na Beira Interior”, afirma Rodolfo Queirós, presidente da CVRBI. “Um dos entraves que temos encontrado para desenvolver este projeto foi, precisamente, a escassez de recursos humanos qualificados na área do enoturismo, que tem um enorme potencial de crescimento na nossa região. Queremos formar quadros com visão alargada no Enoturismo e empreendedores que possuam a cultura do vinho”.



Conteúdo Recomendado