Aldeias de Montanha homenageiam queijeiras com criação de capa exclusiva em burel

http://coisasdealimentos.blogspot.pt/2013/07/queijo.html

A Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha (ADIRAM) vai homenagear as queijeiras da Serra da Estrela com a criação de uma capa exclusiva em burel, denominada “Queijeira”, foi hoje anunciado.

A ADIRAM refere, em comunicado enviado à agência Lusa, que as queijeiras da Serra da Estrela “são responsáveis por um dos produtos mais genuínos e tradicionais da região”, reconhecido “nacional e internacionalmente pela sua excelência”.

Por isso, “chegou o momento de homenagear estas mulheres, com a criação de uma capa exclusiva noutro dos materiais nobres do território, o burel”.

O projeto pretende “empoderar, dar presença e voz a mulheres que, como tantas outras, por vezes, são as heroínas ‘invisíveis’ da sociedade e da cultura”, refere.

No âmbito da iniciativa, será apresentada uma peça de ‘design’ único em burel, de produção local, que irá celebrar o saber ancestral das queijeiras.

“Tradição e modernidade tomam assim forma numa capa cujos lucros das vendas revertem para a capacitação das queijeiras, dotando-as de ferramentas para a gestão da sua vida pessoal e profissional”, explica a entidade organizadora.

Segundo a ADIRAM, a iniciativa “tem como objetivo impactar, numa primeira fase, 40 queijeiras dos nove concelhos da Serra da Estrela, mas o intuito é escalar para um universo mais abrangente”.

Já aderiram ao projeto 22 queijeiras dos concelhos de Seia, Oliveira do Hospital, Gouveia, Guarda, Celorico da Beira e Fornos de Algodres.

A fonte explica que “a simplicidade serve de mote para todo o conceito criativo, para o corte, os acabamentos e para o nome” da capa “icónica e única na sua essência”, que se chama “Queijeira” e foi criada pela ‘designer’ Sandra Pinho, da Fauna Creative Labs.

“A inspiração partiu da forma simples do queijo e é produzida na Burel Factory, em Manteigas, empresa liderada por uma mulher, Isabel Costa. A beleza natural do burel fica em evidência, em três versões diferentes: uma capa mais curta e prática, uma capa mais comprida que é um ‘statement’ de estilo e uma ‘Queijeirinha’ para as crianças”, é referido.

A iniciativa pressupõe a realização de um curso de formação em ‘soft skills’ e partilha de conhecimento “para o empoderamento pessoal e profissional” das mulheres abrangidas, através de uma parceria com Rita Pelica (Chief Energy Officer & Founder ONYOU).

Ainda no âmbito do projeto e numa colaboração com a jornalista Ana Rita Ramos, serão reunidas num livro as histórias, as tradições, os testemunhos e os saberes das queijeiras.

A nível da comunicação, o projeto conta com o apoio da ‘designer’ de comunicação Ana Melo, doutoranda da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa com uma investigação sobre o papel do ‘design’ na valorização e reinvenção dos territórios do interior.

O lançamento do projeto será feito no sábado, às 16h30, num evento em ‘live streaming’, a partir de uma Aldeia de Montanha da Serra da Estrela, via redes sociais das Aldeias de Montanha, com a presença de todas as mulheres que o lideram.

O ‘website’ Queijeiras, que vai estar disponível no dia 29, dará a conhecer todas as queijeiras envolvidas e será um dos locais de venda da capa, que também estará disponível na loja ‘online’ da Burel Factory e em outros locais que, entretanto, venham a ser selecionados.



Conteúdo Recomendado