Seminário “Eficiência energética como ferramenta de gestão empresarial”

A iniciativa terá lugar amanhã, dia 29 de abril, a partir das 9h30, no auditório do NERGA – Associação Empresarial da Região da Guarda.

A RNAE – Associação das Agências de Energia e Ambiente (Rede Nacional), numa parceria com a ENERAREA – Agência Regional de Energia e Ambiente do Interior e com a NERGA – Associação Empresarial da Região da Guarda promovem, no dia 29 de abril pelas 9h30, no Auditório da NERGA na Guarda, uma ação de formação no âmbito do Ciclo de Seminários dedicados ao tema ‘Eficiência Energética e Boas Práticas Ambientais nas Empresas – Oportunidades para a Redução de Consumos e Custos’, que têm por objetivo sensibilizar o Setor Empresarial para a implementação de medidas de eficiência energética. A Guarda é a segunda cidade portuguesa a receber esta iniciativa, que contará com a presença de representantes da RNAE, da ENERAREA, da CCDR CENTRO, da ADENE, da APESE e da NERGA na promoção e sensibilização das Pequenas e Médias Empresas da região da Beira Alta, através de uma reflexão sobre as vantagens económicas e financeiras da adoção de boas práticas no domínio da Eficiência Energética e Ambiental. Com um montante de investimento superior a 290 mil euros, o ‘Plano de Dinamização e Disseminação de Boas Práticas – Eficiência Energética no Setor Empresarial’ tem como objetivo estratégico a sensibilização do tecido empresarial português para a adoção de práticas de eficiência, diversificação energética e sustentabilidade ambiental, demonstrando a sua importância no reforço da competitividade das empresas. Foi financiado pelo QREN, no âmbito do Programa Operacional Fatores de Competitividade, no montante de 294.754,67 euros, dos quais 235.803,74 euros são provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. A organização promove, com esta ação de mobilização nacional, um debate que visa a sensibilização dos empresários e PME’s, para uma gestão integrada, racional e eficiente dos recursos energéticos e ambientais no desenvolvimento das suas atividades, visando a adoção de práticas de gestão que têm impactos relevantes no âmbito da inovação e resiliência das empresas, em defesa dos interesses do ambiente, da economia, da sociedade e da região A entrada no seminário é livre, mas sujeita a inscrição prévia.




Conteúdo Recomendado