Sardinhas Doces de Trancoso são pré-finalistas das “7 Maravilhas Doces de Portugal”

As Sardinhas Doces de Trancoso alcançaram a maior votação telefónica ao nível distrital.

As Sardinhas Doces de Trancoso foram eleitas hoje como o doce pré-finalista do concurso nacional “7 Maravilhas Doces de Portugal”, alcançando a maior votação telefónica ao nível distrital.

O concurso passou esta quarta-feira pela cidade da Guarda, com direito a emissão em direto na RTP 1 desde da Praça Luís de Camões.

Além das Sardinhas de Trancoso, estiveram à prova outras iguarias da região como o D. Sancho da Guarda, as Cavacas de Pinhel, o Bolo Negro de Loriga (Seia), os Doces de Amêndoa (Vila Nova de Foz Côa), Ouriço da Castanha (Seia) e a Flor de Escalhão (Figueira de Castelo Rodrigo).

Desde 2007 que o concurso 7 Maravilhas promove “os grandes valores da identidade nacional, realizando iniciativas que promoveram o nosso património histórico, natural, gastronómico, praias, e as aldeias do nosso país”.

Na edição de 2019, o destaque é dados aos doces portugueses enquanto “produto endógeno” e “a marca da terra”, dando visibilidade à “preservação da qualidade dos ingredientes” e “capacidade que o país tem de inovar e de se reinventar nas suas tradições”.



Fotogaleria


Conteúdo Recomendado