Sapadores florestais limpam 108 hectares na área das Beiras e Serra da Estrela

A Brigada de Sapadores Florestais da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela limpou, este ano, cerca de 108 hectares de faixas de gestão de combustível em doze concelhos daquela região.

“Cerca de 108 hectares de faixas de gestão de combustível foi a área limpa desde março pela Brigada de Sapadores Florestais ao serviço da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela (CIM-BSE)”, refere aquela entidade em comunicado publicado na sua página oficial na internet. 

Segundo a fonte, “as áreas intervencionadas até ao momento pertencem aos concelhos de Almeida, Celorico da Beira, Covilhã, Figueira de Castelo Rodrigo, Fundão, Gouveia, Guarda, Manteigas, Pinhel, Sabugal, Seia e Trancoso”.

Atualmente, aquela brigada, que opera nos 15 municípios que integram a CIM-BSE, está a efetuar trabalhos para o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), relacionados com a “instalação e manutenção da rede primária de defesa da floresta contra incêndios”.

A Brigada de Sapadores Florestais da CIM-BSE é constituída por três equipas (com um total de 15 homens e três viaturas florestais), que estão instaladas nos concelhos de Belmonte, Pinhel e Gouveia.

Os seus elementos receberam formação técnica específica e são responsáveis pela realização de ações de silvicultura preventiva no âmbito dos incêndios florestais (na vertente da gestão de combustível florestal), com recurso a técnicas manuais, moto manuais e pelo uso de fogo controlado, segundo a nota.

A Brigada de Sapadores Florestais surgiu na sequência do estabelecido na Estratégia Nacional para as Florestas, com o objetivo de contribuir para a diminuição do risco de incêndio no território CIM-BSE.

A CIM-BSE, com sede na Guarda, é constituída por 15 municípios: 12 do distrito da Guarda (Almeida, Celorico da Beira, Figueira de Castelo Rodrigo, Fornos de Algodres, Guarda, Gouveia, Manteigas, Meda, Pinhel, Seia, Sabugal e Trancoso) e três do distrito de Castelo Branco (Belmonte, Covilhã e Fundão).




Conteúdo Recomendado