Rui Rio reivindica apoios para agricultores com produções arruinadas na Cova da Beira

O presidente do PSD reivindicou esta terça-feira, dia 9 de junho, que o Governo aprove “apoios financeiros” para ajudar os agricultores da Cova da Beira que ficaram com as colheitas arruinadas devido à trovoada de maio e às condições climatéricas adversas de março e abril.

“Espero que o Governo dê os apoios financeiros necessários para que estas pessoas tenham meios e alento para poderem continuar”, disse Rui Rio, durante uma visita que fez a um pomar de cerejeiras no concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

Depois de ouvir o testemunho do dono do pomar e de ter ouvido outros produtores frisarem que nunca viveram nada assim e que até ponderam a hipótese de arrancar as árvores para não perderem tempo em tratamentos que podem não resultar, Rui Rio fez questão de deixar uma palavra de “solidariedade” a todos os agricultores da região afetados.

Sublinhando que o PSD já entregou na Assembleia da República um projeto de resolução em que recomenda “apoio urgente, Rui Rio reiterou a necessidade de essa resposta ser rápida, até porque os prejuízos abarcaram praticamente todas as culturas e também causaram danos sérios nas árvores, pondo em causa a produção do próximo ano.

Acompanhado por dirigentes sociais-democratas da região, pelo presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes (PSD), e por um engenheiro da Appizêzere – associação de produtores da região, Rui Rio pôde observar no terreno alguns desses estragos, tendo no final reiterado a importância de apoiar os agricultores e de contribuir, assim, para proteger o ambiente.

Frisou que não se está a pedir o “impossível” ao Governo, mas sim o que é necessário e ressalvou que espera que a transição que está a ocorrer no Ministério das Finanças não atrase a aprovação de medidas.

No sábado, a ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, reuniu com os autarcas dos concelhos afetados nas regiões Douro Sul e Cova da Beira e prometeu estudar medidas “algumas imediatas” para fazer face aos prejuízos causados pelas intempéries.




Conteúdo Recomendado