Rampa Serra da Estrela decorre este fim de semana na Covilhã

A Rampa Internacional da Covilhã – Serra da Estrela, terceira prova do Campeonato Nacional de Montanha, que se realiza nos dias 7 e 8 de junho, inclui este ano a realização da competição internacional FIA Hill-Climb Challenge.

“Conta para uma taça internacional de montanha, o FIA Hill-Climb Challenge, na qual participam muitos pilotos do campeonato da Europa”, revelou, Nuno Loureiro, o presidente do CAMI – Clube de Montanha do Minho, entidade organizadora da prova. A competição é também pontuável para o Campeonato Nacional de Velocidade, adianta Nuno Loureiro, que espera a participação de 70 a 80 pilotos e “grandes carros”. Para a concretização da corrida de automobilismo, o CAMI conta com o apoio logístico da Câmara Municipal da Covilhã, a quem a organização já se tinha associado no ano passado, para fazer regressar a competição à Serra da Estrela. A prova disputa-se no percurso da antiga Rampa Internacional Serra da Estrela, levada a cabo pelo Automóvel Clube de Portugal, que em 2010 deixou de se realizar por motivos financeiros. Os pilotos têm pela frente cinco quilómetros entre a Covilhã, a 846 metros de altitude, e o Sanatório das Penhas da Saúde, a 1.297 metros, num trajeto com um desnível de 451 metros e uma inclinação média de nove por cento. “Queremos fazer mais e melhor. Queremos que os pilotos e o público não saiam defraudados e esperamos que o tempo ajude”, realça Nuno Loureiro, para quem a Rampa “tem tudo o que uma prova de montanha possa ter”. A competição acolhe também, como prova extra, os carros que rodam no Desafio Único, aberto aos modelos Fiat Punto e Alfa Romeu 156. O início dos treinos está marcado para as 14h30 de sábado, com a realização da primeira subida da prova a seguir. No domingo a subida decorre a partir das 9h30.




Conteúdo Recomendado