Querem plantar cinco mil hectares de amendoeiras na região da Cova da Beira

O projeto será concretizado nos concelhos do Fundão e de Idanha-a-Nova, nos próximos cinco anos.

Imagine cinco mil campos de futebol, com 17 milhões de amendoeiras plantadas. É isso e muito mais que uma empresa, denominada Veracruz, pertencente a dois sócios (David Carvalho e Filipe Rosa), um brasileiro e um português, sem qualquer ligação à região, se propõe fazer nos concelhos do Fundão e de Idanha-a-Nova, nos próximos cinco anos.

O projeto já começou a ser concretizado em duas das maiores propriedades agrícolas daqueles concelhos e incluirá a criação de três fábricas: uma de descasque de amêndoa, outra de processamento da casca e uma terceira de embalamento dos produtos derivados de amêndoa.
O investimento é de 50 milhões de euros e prevê a criação de 60 postos de trabalho, nos próximos cinco anos.




Conteúdo Recomendado