PSP deteve dois suspeitos de roubos na cidade da Guarda

A PSP da Guarda deteve dois homens, de 21 e 51 anos, que são suspeitos de vários roubos naquela cidade, após abordarem as vítimas a pretexto da venda de perfumes, foi hoje anunciado.

O Comando Distrital da PSP da Guarda refere, em comunicado enviado à agência Lusa, que os homens foram detidos por polícias da Esquadra de Investigação Criminal, no âmbito de vários inquéritos por crimes de roubo.

Segundo a fonte, “os roubos eram praticados em conjunto” pelos suspeitos”, que abordavam as vítimas “para venda de perfumes” e, “quando as mesmas recusavam, estas eram ameaçadas com arma branca e coagidas a comprar os referidos produtos”.

A investigação da PSP decorreu durante dois meses e culminou hoje com a realização de buscas domiciliárias às residências dos suspeitos.

Os detidos vão ser presentes nos Serviços do Ministério Público do Tribunal Judicial da Comarca da Guarda para primeiro interrogatório judicial e eventual aplicação de medidas de coação.

A PSP refere ainda que “está atenta a estes fenómenos criminais e que procura incessantemente garantir que a cidade da Guarda continue como uma das mais seguras do país”.



Conteúdo Recomendado